domingo, 13 de julho de 2014

PipeLight, o SilverLight do Linux



SilverLight é um plugin para navegadores, concorrente do Adobe Flash Player. Usa o codec VC-2 para seus vídeos em alta resolução. Porém como é um produto Microsoft só “roda” no sistema do “Tio Bil” e outros.



(talesam.org) “Já o Pipelight propõe algo mais sério e mais interessante, a criação de uma biblioteca que proporciona rodar qualquer aplicação dependente do Silverlight. A grande procura e utilidade para esse projeto está na execução do Netflix diretamente nos browsers nativos para Linux. 

De acordo com o projeto, o Pipelight consiste de duas partes: uma biblioteca Linux que é carregada no navegador e um aplicativo (pluginloader.exe) do Windows iniciado pelo Wine. 

Esse plugin simula um navegador e carrega as DLLs do Silverlight. Quando você abre uma página com um aplicativo Silverlight, a biblioteca Linux enviará todos os comandos para o navegador, proporcionando o funcionamento direto nos navegadores nativos para Linux.”




Resolvi testar o que dizem nos fóruns e realmente funcionou no que eu estava querendo. A instalação é bem simples e com poucos ajustes você terá o “Silverlight” no rodando no teu Linux.